Eurofarma
Product ID: 33
New In stock
20 Bí 30 Cápsulas

20 Bí 30 Cápsulas

Marca: EurofarmaDisponibilidade: Imediata Referência: 100014


Por:
R$ 150,00

ou 6x de R$ 25,00 sem Tarifa
Simulador de Frete
- Calcular frete

20 bí 30 Cápsulas

 

 

Probióticos 20BI

 

Tem como principal ativo probióticos. Probióticos são micro-organismos vivos que podem ser ingeridos pelo ser humano. Esses micro-organismos produzem efeitos positivos na saúde, já que vivem no intestino, ajudando na digestão de alimentos e disputando espaço com os micro-organismos patogênicos (prejudiciais). Dessa maneira, não permitem que haja colonização do intestino por essas bactérias, promovendo o equilíbrio da microbiota (flora) intestinal. Além de manter o perfeito funcionamento do intestino, os probióticos e as bifidobactérias têm importante papel no fortalecimento do sistema imunológico, evitando gripes, infecções bacterianas, infestações por cândida, entre outras doenças.

Bula

 

Para que serve o 20 bi

20 bi é um alimento com propriedade funcional em cápsulas composto pelos probióticos Lactobacillus acidopbilus NCFM, Lactobacillus paracasei Lpc-37, Bifidobacterim lactis BI-04, Blfídobacteríum lactls BI-07™ e Blfidobactertum bifídum Bb-02™.

A Importância

Probióticos são microorganismos vivos capazes de melhorar o equilíbrio microbiano intestinal produzindo efeitos benéficos à saúde do indivíduo.

Devo tomar 20 bi?

20 bi é composto por diversos probióticos, eles contribuem para o equilíbrio da flora intestinal. Seu consumos deve estar associado a uma alimentação e hábitos de vida saudáveis.

 

Contraindicação do 20 bi

Lactobacillus + Bifidobacterium (substância ativa) é contraindicado em pessoas com conhecida hipersensibilidade aos componentes da fórmula.

 

Como usar o 20 bi

1 a 2 cápsulas ao dia.

Não consuma quantidades acima daquelas indicadas na embalagem.

 

Precauções do 20 bi

Gravidez, amamentação, pediatria e idosos

Os lactobacilos de Lactobacillus + Bifidobacterium (substância ativa) não são absorvíveis, consequentemente o produto é desprovido de ação sistêmica, podendo ser utilizado por lactentes, crianças, adultos, gestantes, lactantes e idosos.

Interferências em Exames Laboratoriais

Não são conhecidos casos de interferência de Lactobacillus + Bifidobacterium (substância ativa) no resultado de exames laboratoriais.

 

Reações Adversas do 20 bi

Pessoas com sensibilidade ao leite e às proteínas animais podem ter reações do tipo alérgica (coceiras, vermelhidão na pele).

Podem ocorrer reações cardiovasculares, como:

Dor no peito; reações gastrintestinais, como gasesconstipação e vômito; reações respiratórias, como soluços, produção anormal de muco; reações dermatológicas, como rashcutâneo.

Não sabe se estas reações são atribuídas à terapia com lactobacilos ou ao uso concomitante com antibióticos.

 

Em casos de eventos adversos, notifique ao Sistema de Notificações em Vigilância Sanitária – NOTIVISA. Disponível em www.anvisa.gov.br/hotsite/notivisa/ index.htm, ou para a Vigilância Sanitária Estadual ou Municipal.

 

População Especial do 20 bi

Gestantes, nutrizes e crianças somente devem consumir este produto sob orientação de nutricionistas ou médico.

 

Composição do 20 bi

Composição

Cada cápsula de 20 bi possui 435mg, contém 2x 1010 (20 bilhões) de microorganismos probióticos.

Lactobacillus addophilus NCFM, Lactobacillus paracasei Lpc-37, Blfidobacterium lactis BI-04, Blfidobacterium lactis Bi-07 e Blfidobacterium bifídum Bb-02, establlizante celulose mlcrocrlstallna e antlumectante dióxido de silício. (Ingredientes da cápsula: hldroxipropilmetllcelulose e corante dióxido de titânio).

Não contém Glúten.

Informação Nutricional

Cada cápsula: Não contém quantidade significativa de valor energético, carboidratos, proteínas, gorduras totais, gorduras saturadas, gorduras trans, fibra alimentar e sódio.

 

Interação Medicamentosa do 20 bi

A administração concomitante de antibióticos pode diminuir o efeito dos Lactobacillus acidophilus.

 

Ação da Substância 20 bi

Resultados de Eficácia

Um estudo comparou a eficácia de cinco preparações de probióticos recomendados aos pais no tratamento de diarreia aguda em crianças, através de um ensaio clínico randomizado controlado em colaboração com pediatras da família por mais de 12 meses.

Participantes

Crianças com idade de 3 a 36 meses com diarreia aguda foram avaliadas por pediatra familiar.

Intervenção

Os pais das crianças foram aleatoriamente designados para receber instruções por escrito para comprar um produto probiótico específico:

Solução de reidratação oral (controle grupo); cepa de Lactobacillus rhamnosus GG; Saccharomyces boulardiiBacillus clausii; mistura de L. delbrueckievari bulgaricusStreptococcus thermophilus, L. acidophilus e Bifidobacterium bifidum, ou Enterococcus faecium SF68.

Os resultados principais que medem os resultados primários foram:

Duração de diarreia, número diário e consistência das fezes.

Os desfechos secundários foram:

Duração de vômitos, febre e taxa de admissão ao hospital.

Segurança e tolerância também foram registrados. Ocorrências de 571 crianças foram atribuídas à intervenção.

A duração média da diarreia foi significativamente menor (P <0,001) nas crianças que receberam cepas de L rhamnosus GG (78,5 horas) e a mistura de quatro cepas bacterianas L. delbrueckievari bulgaricusStreptococcus thermophilus, L. acidophilus e Bifidobacterium bifidum, ou Enterococcus faecium SF68. (70,0 horas) em relação às crianças que receberam solução de reidratação oral isoladamente (115,0 horas).

Um dia após a primeira administração de probiótico, o número diário de fezes foi significativamente menor (P <0,001) nas crianças que receberam cepas de L.rhamnosus GG e naqueles que receberam o mix de probióticos que nos outros grupos. As demais preparações não afetam os resultados preliminares.

Os resultados secundários foram semelhantes em todos os grupos.

 

Características Farmacológicas

Lactobacillus + Bifidobacterium (substância ativa) é um probiótico constituído por Lactobacillus acidophilus vivos, resistentes à secreção gastroentérica e à ação dos antibióticos usuais e também aos quimioterápicos utilizados por via oral em altas doses.

Os Lactobacillus acidophilus produzem ácido lático, diminuindo o pH do meio intestinal e criando um ambiente favorável para os organismos benéficos e uma condição adversa para organismos patogênicos.

Lactobacillus + Bifidobacterium (substância ativa) possui as propriedades de criar um saudável ambiente fisiológico no intestino; restabelecer a microflora intestinal após terapia com antibióticos ou quimioterápicos; fortalecer a função intestinal e regular o trato gastrintestinal.

O tratamento das síndromes disenteriformes com Lactobacillus acidophilus não é diretamente dirigido contra o agente etiológico, e sim à reposição da flora intestinal.

 

Cuidados de Armazenamento do 20 bi

Armazenar em temperatura ambiente e em local seco e fresco.

Bula original:https://docs.google.com/gview?url=https://uploads.consultaremedios.com.br/drug_leaflet/20-bi-_bula-geral.pdf?1467213671&embedded=true

Deixe seu comentário e sua avaliação


Características